Monday, August 17, 2009

Queremos um mundo novo
Mas as idéias estão velhas
O tempo passa impiedoso
Mas certas coisas nunca mudam

Quando a ganância se esgotará?

A vontade de melhorar
É a necessidade de matar
O mal que leva ao bem
É o bem que não é bom

Quando nos tocaremos
Dos sentimentos que nos movem?

Tanta razão sem compaixão
Desviou-nos para a contramão
Da paz e da união
Perdemos a razão

Como vencer sozinho
Se felicidade é carinho?

Nossos passos até aqui
Nos afastaram dos motivos
Do princípio do caminhar

O meio é o fim na necessidade
Não há objetivos sem liberdade

No comments: